segunda-feira, 27 de outubro de 2008

EM TERRA DE CEGO, QUEM TEM UM OLHO É CAOLHA!


Depois da ressaca eleitoral, os brasileiros voltam a se preocupar com besteira. Crise nas bolsas, aquecimento global, recessão em um mundo globalizado, fome, desigualdade, miséria... Ops, nem tanto! Há algo de suma importância na agenda do homo brasilis. Os preparativos com as festas de fim de ano!!!
Bacalhau, tender, presentes, rabanada, revéillon, caixinha do porteiro, do carteiro, do lixeiro... tudo isso assume o controle dos neurônios do cidadão comum, relegando a segundo plano os seguidos tombos das bolsas de valores ao redor do mundo. E nem adianta vir com esse papo em meados de janeiro, pois a praia e o carnaval não deixarão que nada seja discutido a bom termo. E depois tem a Páscoa e vários outros feriados...
Portanto, não reclame dos prefeitos eleitos. E que eles não reclamem também. Afinal, cada político tem o povo que merece!

Um comentário:

Carlos José disse...

"Em terra de olho, quem tem um cego..." ERREI!!

RISOS!
Abraços!
Carlão